Contrato entre TRT-PE e Centro SUVAG de Pernambuco chega ao fim


A última quarta-feira (19) foi marcada pelo encerramento do contrato firmado entre o Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT-PE) e o Centro SUVAG de Pernambuco. Iniciado em 2011, o convênio contemplou a contratação de pessoas com deficiência auditiva que prestavam serviços de apoio operacional – sobretudo atividades de preparação e digitalização de processos judiciais e documentos – garantindo-lhes inclusão social e profissional. Todos os profissionais tinham nível médio completo, formação em Libras, idade igual ou superior a 18 anos e contavam com o suporte de dois intépretes ao longo do expediente de trabalho.

Na despedida, que aconteceu na sala de aula da Escola Judicial (na sede do TRT-PE, no Cais do Apolo), Renatto Pinto, gestor do contrato, ressaltou a contribuição da equipe com o procedimento de digitalização dos processos judiciais e o aprendizado desenvolvido por todos que fazem o Regional ao longo de anos de convívio com os contratados. “Estima-se que ao longo desse período foram digitalizadas mais de quatro milhões de páginas de processos judiciais e documentos administrativos, favorecendo sobremaneira a prestação jurisdicional”, relatou.

A representante do Centro Suvag de Pernambuco, Gleyce Prezeres, agradeceu a parceria com TRT-PE e destacou como o trabalho contribuiu para a inclusão social e profissional dos surdos, que comumente são aproveitados pelas empresas em funções inferiores à sua capacidade. Ela também falou da importância da experiência na vida pessoal de cada um dos que compõem a equipe.


Matérias relacionadas:

Equipe de digitalizadores inicia as atividades no Fórum da Imbiribeira

Modelo de inclusão social de surdos do TRT-PE será homenageado no Palácio José Mariano

TRT-PE amplia contrato que proporciona a inclusão de deficientes auditivos no mercado de trabalho