CORPO DO DESEMBARGADOR GILVAN DE SÁ BARRETO É VELADO NO TRT

Foi velado no hall de entrada do edifício sede do TRT de Pernambuco o corpo do desembargador Gilvan Caldas de Sá Barreto, que faleceu ontem (15), por volta das 5 horas, no Hospital da Unimed, no Recife. Decano do TRT, o juiz Gilvan de Sá Barreto ingressou na magistratura trabalhista em 1985, para compor o quinto constitucional da OAB. Foi o primeiro corregedor do Tribunal e em 1994 assumiu a presidência da instituição. Na época, foi coordenador do Colégio de Presidentes e Corregedores da Justiça do Trabalho (COLEPRECOR). Ao deixar o cargo, foi convocado para atuar no TST, retornando posteriormente à Sexta Região. Antes de se tornar magistrado, Gilvan de Sá Barreto teve destacado papel na política pernambucana, exercendo mandatos de vereador e deputado estadual por Jaboatão dos Guararapes. Por isso mesmo, o sepultamento do corpo do desembargador será no Cemitério da Saudade, em Jaboatão Centro, às 16h. A saída do corpo do Regional pernambucano foi planejada para as 14h.