Selo 100% PJe

SUGESTÃO DE ELABORAÇÃO DE VOTO É TEMA DE CURSO

O Setor de Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal, da Coordenação de Desenvolvimento de Pessoal, está promovendo o curso de sugestão de elaboração de voto, ministrado pela instrutora Mariusha Wright. Com uma carga de 32 horas, participam da capacitação cerca de 30 servidores dos gabinetes de desembargador. O curso foi dividido em seis módulos, assim distribuídos entre os dias 13 e 16: competência da Justiça do Trabalho e partes, fases postulatória e probatória, sistema recursal trabalhista, execução trabalhista e soluções de casos concretos.

“Importante pela troca de experiências e debate”, foi o que observou o servidor Marcos Brito, do gabinete do desembargador Ivan Valença. “Imprescindível para a formação de assessores”, avaliou Cláudia Percílio, do gabinete do desembargador André Genn, acrescentando que achou “a professora dinâmica, trazendo experiências da prática trabalhista”. E, ainda, sugeriu “que o curso possa ser oferecido outras vezes, pois o direito é dinâmico, as leis, OJ, súmulas estão sempre mudando”.

Mariusha Wright, professora convidada a ministrar o curso, tem vasta experiência de ensino em Processo Civil, Processo do Trabalho, Direito do Trabalho e, inclusive, durante longo período foi assessora de gabinete no TRT do Rio de Janeiro. Sobre o tema desenvolvido, Wright avalia, como resultado, um “efeito em cadeia: é bom para o servidor, bom para o magistrado e melhor ainda para o jurisdicionado, que ganha com a maior agilização do processo”.