Selo 100% PJe

CORREGEDOR-GERAL VISITA A ESCOLA JUDICIAL DO TRT6

O ministro Antônio José de Barros Levenhagen, corregedor-geral da Justiça do Trabalho, abriu a agenda da correição no TRT6, nesta terça, com uma visita à Escola Judicial da 6ª Região. O presidente do Tribunal pernambucano, desembargador André Genn, e o diretor da EJ, desembargador Pedro Paulo Pereira Nóbrega, acompanharam o ministro, que foi recepcionado pelos membros do Conselho Consultivo da escola, juízes Agenor Martins Pereira, que também atua como coordenador-geral da EJ, e Marcílio Florêncio Mota, além da coordenadora-adjunta, juíza Ana Aparecida Freitas.

Para o grupo de servidores que participavam de um curso de excelência no atendimento ao público na Escola Judicial, Levenhagen ressaltou a importância da realização de capacitações dessa natureza, uma vez que o contato com os juridicionados, sobretudo na primeira instância, é fundamental para que a Justiça do Trabalho fale a linguagem das pessoas mais simples. “Nós magistrados fazemos a prestação jurisdicional, mas essa prestação não acontece integralmente sem o trabalho dos servidores, que representam a Justiça no atendimento”, declarou o ministro, que já dirigiu a Escola Nacional de Magistratura (ENAMAT).

Durante a visita, o corregedor-geral também teve a oportunidade de conhecer o novo projeto da Escola Judicial do TRT6, que será construída na área externa do edifício-sede do Regional. O ministro Antônio José de Barros Levenhagen parabenizou o desembargador Pedro Paulo Pereira Nóbrega pelo empenho e entusiasmo na condução da Escola Judicial, ressaltando, ainda, o interesse do presidente André Genn em levar adiante esse programa de formação e aperfeiçoamento na 6ª Região.

Encerrada a visita, Levenhagen retornou ao TRT6, onde cumpre a agenda da correição.