Selo 100% PJe

TRT-PE REÚNE 141 PARTICIPANTES NA 1ª CORRIDA E CAMINHADA EM HOMENAGEM ÀS MULHERES

Mulheres largam na frente

O mês de março tem uma conotação especial: é época de homenagens em todo o mundo às mulheres que exercem com dedicação, e ao mesmo tempo, todos os papéis que a sociedade lhes impõe sem perder a pose, borrar a maquiagem ou estragar o penteado. Também é tempo de rememorar a força das minorias, e sua história de luta para superar o preconceito e as dificuldades.

O Núcleo de Saúde do TRT/PE, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, e com objetivo estimular a busca pela qualidade de vida e o lazer, promoveu a 1ª Corrida e Caminhada em Homenagem às Mulheres. O evento reuniu sábado (09/03), 141 participantes entre homens e mulheres, adolescentes e crianças, em torno da conscientização da importância do bem-estar, da saúde, da prevenção.

Corrida reúne 141 participantes

Antes da largada, a organização convidou todos para alongar e aquecer em grupo, ao som de muita música animada, no estacionamento do edifício sede do Regional. As mulheres largaram na frente, em seguida saíram os homens e, por último, o pessoal da caminhada. Os atletas percorreram 3,5 km, saindo da sede, no Cais do Apolo, passando pela Ponte Duarte Coelho, Palácio das Princesas, Rua da Aurora, Ponte do Limoeiro, com chegada no Cais do Apolo.

Michelle Rangel, do Núcleo de Saúde do TRT/PE, conta que todos os anos o Tribunal promove, no mês de março, eventos com temas relacionados à saúde: “Ações como essa visam a estimular a prática de atividades físicas e a promover a adoção de hábitos saudáveis dentro e fora do trabalho”, o que contribui para realizar e difundir o objetivo estratégico do Tribunal de “promover ações que visem à melhoria da qualidade de vida e segurança das pessoas”.

No pódio, os primeiros colocados

Outro benefício notável é a promoção da interação entre servidores num ambiente mais informal e descontraído, como argumenta Rosilene Silva, da 11ª VT do Recife, atleta e ciclista do GRUDE (Grupo de Esportes do TRT6). “Esses eventos nos tiram da rotina de trabalho, cobrança, pressão, para promover a socialização entre os colegas fora do ambiente de trabalho.”

Paulo Ricardo da Silva Soares, analista judiciário lotado na Secretaria de Informática, acredita que tais ações, de cunho social e esportivo, não só focadas no público feminino, “chamam a atenção para questões que vão desde a prevenção de doenças laborais até a conscientização sobre a necessidade de melhorias constantes no cotidiano de trabalho da mulher”.

No pódio, o primeiro lugar feminino ficou com Adriana Rodrigues Guerra. Tânia Regina Chenk Allatta, juíza titular da vara de Salgueiro, chegou em segundo e, em terceiro, Isolda Regina Vilar de Lucena, da 1ª de Olinda. André Marcos Feller Silva levou a primeira colocação entre os homens, seguido por Fernando Mesquita, da 8ª de Recife e, em terceiro, Rafael Estevão de Oliveira.