Maestro da Orquestra de Câmara do Alto da Mina homenageado no TST 


O maestro da Orquestra de Câmara do Alto da Mina, Israel de França, recebeu a Medalha do Mérito Judiciário do Trabalho, concedida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). A honraria foi entregue pelo ministro do TST Lélio Bentes, em cerimônia realizada em Brasília, dia 13. O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE), desembargador Valdir Carvalho, a corregedora, desembargadora Clara Saboya, e o desembargador Eduardo Pugliesi prestigiaram a cerimônia. 

Israel de França é um dos idealizadores do projeto de inclusão social por meio da música na comunidade do Alto da Mina, área de vulnerabilidade social, na cidade de Olinda-PE. 
A Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho 2019 distinguiu 51 agraciados, entre os quais os presidentes da República, Jair Bolsonaro, e do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, personalidades, além de agentes públicos e instituições. 
Distribuída todos os anos, a comenda é concedida desde 1970, homenageando profissionais que se destacam no desenvolvimento de suas atividades, servindo de referencial para a sociedade e que contribuíram de alguma forma para o engrandecimento do Brasil. 

Apoio do TRT-PE – Em 2017, o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região assinou acordo de cooperação com a Orquestra de Câmara do Alto da Mina, que atende cerca de 50 crianças e adolescentes da comunidade de Olinda. No ano de 2017, o maestro Israel de França foi condecorado com a Medalha Conselheiro João Alfredo Correa de Oliveira, honraria concedida pelo TRT-PE.  A orquestra tem se apresentado com regularidade em eventos realizados pelo Regional. 

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida sua reprodução mediante citação da fonte.

Divisão de Comunicação Social

Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT-PE)
(81) 3225-3216
imprensa@trt6.jus.br

Texto: Eugenio Jerônimo 

Fotos: TST