Selo 100% PJe
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Galeria de fotos
  • Issuu
  • SoundCloud
  • Youtube

Dissertação de mestrado usa Memorial da Justiça do Trabalho do TRT6 como fonte de pesquisa

Fotografia de um rapaz apresentando um trabalho e outras cinco pessoas assistindo

Uma dissertação do Programa de Pós Graduação da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) apresentada na semana passada usou como base de pesquisa o arquivo do Memorial da Justiça do Trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) e o acervo “Memória e História”, fruto da parceria do Tribunal com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), sob guarda do Programa de Pós-Graduação em História da UFPE. Com o tema LUTAS, REPRESSÃO E CONQUISTAS: As experiências dos Trabalhadores Rurais na Junta de Conciliação e Julgamento de Nazaré da Mata no contexto do golpe civil-militar (1963-1966), o material foi desenvolvido por Ademir Bezerra de Melo Junior, ex-estagiário do Memorial.

O trabalho é resultado de dois anos de pesquisa no acervo processual trabalhista, tombado como patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Participando da banca estava Marcília Gama, chefe do Núcleo de Gestão Documental e Memória do TRT6 e doutora em História pela UFPE. Após a arguição, a banca concedeu ao aluno o título de Mestre com Distinção, sendo recomendado por unanimidade a publicação da dissertação em livro e continuidade imediata do trabalho de pesquisa no doutorado, pela relevância dos dados apresentados e analisados.

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida sua reprodução mediante citação da fonte.

Divisão de Comunicação Social

Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT-PE)
(81) 3225-3216
imprensa@trt6.jus.br

Texto: Léo Machado

Fotos: Divulgação