Setembro Amarelo: Getrin6 realiza simpósio para debater saúde mental do trabalhador

Mesa de honra formada por representantes do Getrin6

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas, indicando que a prevenção é fundamental para reverter essa situação. No mundo, ocorre uma morte a cada 40 segundos e 32 brasileiros se suicidam diariamente devido a transtornos mentais. Os números são muito maiores, pois há subnotificação.

Para conscientizar, estimular o diálogo e mudar essa realidade, o Grupo Interinstitucional de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Getrin6), promove, nesta terça-feira (3), o seminário “Trabalho e sofrimento psíquico: vidas em risco”, evento integrado ao Setembro Amarelo – campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. O seminário acontece no auditório da Superintendência Regional do Trabalho (SRTb/PE), no bairro do Espinheiro, Recife, reunindo mais de 150 participantes de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Juiz Élio Braz fala da condição psicológica do magistrado 

Após a abertura oficial pela gestora regional do Programa Trabalho Seguro, a juíza do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) Ana Freitas, o juiz do Tribunal de Justiça (TJPE) Élio Braz Mendes falou sobre o “Custo emocional do ato de decidir: aspectos psicopatológicos da decisão judicial”, demonstrando os fatores psicológicos e emocionais que afetam cotidianamente a vida profissional dos magistrados.

Na sequência, os participantes prestigiaram as explanações “A tentativa de suicídio no estado de Pernambuco na perspectiva da Vigilância de Violências”, com a enfermeira da Vigilância de Violências, da Secretaria Estadual de Saúde, Renata Vieira de Souza Amaral; e “Os riscos da rotina desgastante na vida do médico”, com a presidente do Sindicato dos Médicos (Simepe), Cláudia Beatriz Câmara de Andrade Silva.

À tarde, o evento continua com as palestras “Organização do Trabalho da Enfermagem”, com a coordenadora da Comissão Nacional de Enfermagem em Saúde Mental, Dorisdaia Carvalho; “Situação epidemiológica das violências autoprovocadas e suicídio”, com a chefe da Divisão de Doenças Não Transmissíveis da Prefeitura do Recife, Cláudia Castro; “O papel do CVV ante o contexto da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, com o coordenador do Centro de Valorização da Vida Recife, Josemir Silva; e “Entre a realização e o sofrimento psíquico”, com a juíza do TRT-PE Luciana Paula Conforti.

Prestigiam o evento a presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (AmatraVI), juíza Laura Cavalcanti Botelho; a procuradora do Ministério Público do Trabalho Gabriela Maciel; o auditor fiscal do Trabalho da SRTb/PE Edson Cantarelli; o coordenador de Política de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador de Olinda, Admilson Ramos; e os coordenadores técnicos da Fundacentro/PE Luiz Antônio Melo e Hélio Lopes.

Confira mais fotos do evento.

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida sua reprodução mediante citação da fonte.

Divisão de Comunicação Social

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE)

(81) 3225-3216

imprensa@trt6.jus.br

Texto: Fábio Nunes

Fotos: Elysangela Freitas