Selo 100% PJe
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Galeria de fotos
  • Issuu
  • SoundCloud
  • Youtube

Cejusc de Olinda homologa acordo em processo de consignação em pagamento

Pessoas em videoconferência

Nesta quarta-feira (2), a coordenadora do Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) de Olinda, juíza Ana Cristina da Silva, efetuou um acordo em um processo de consignação em pagamento. O pagamento foi feito via alvará de transferência.

A empresa entrou com uma ação de consignação em pagamento, para realizar a quitação das verbas trabalhistas de uma empregada que faleceu no ano passado. Esse pagamento seria feito ao marido da antiga funcionária, pois ele é o representante do espólio. Porém, o viúvo não havia recebido a notificação sobre a audiência de conciliação. Ele mora em um sítio em Tacaratu, cerca de 70 km de Paulo Afonso (BA). Na audiência, as conciliadoras Flávia Brayner e Olindina Silva conseguiram o telefone dele e a empresa informou os dados bancários. No dia seguinte, a juíza Ana Cristina da Silva conseguiu realizar uma videochamada com o credor, que concordou com o valor apresentado pela empresa e confirmou o recebimento da transferência.

A conciliadora Olindina Silva também participou da videochamada e contou que o viúvo falou emocionado ao lembrar a perda da esposa. Ela destacou como a Justiça do Trabalho está presente em momentos sensíveis da vida das pessoas, destacando a importância do diálogo e dos cuidados com os sentimentos das partes processuais.

Acordos: A conciliação pode ser feita em qualquer processo trabalhista. Os/as interessados/as podem requerer a realização de uma audiência para a tentativa de acordo preenchendo o formulário eletrônico no site do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª região (TRT6). O contato também pode ser feito por telefone, WhatsApp, e-mail ou pelo Balcão Virtual. Existem oito Centros de Conciliação atuando para solucionar processos trabalhistas em Pernambuco.

Mais informações:

Quero conciliar – Informações sobre a conciliação no TRT6

Balcão Virtual