Selo 100% PJe

Palestra em celebração ao Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil às 15h

Para celebrar o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil (12 de junho), a Escola Judicial (EJ6) do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT6) e o Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem (PRCTIEA), em parceria, promovem, nesta quinta-feira (10), às 15h, a palestra "O trabalho infantil e a (in)visibilidade social - docendo discimus".

Coordenado pela juíza do TRT6 Andrea Keust, que é gestora regional do PRCTIEA, o  evento tem como palestrantes o desembargador Paulo Alcantara (também gestor regional do Programa), a procuradora do trabalho Jailda Eulidia da Silva Pinto (coordenadora regional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente/PE) e a promotora de Justiça Criminal Dalva Cabral.

Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil

Em 2002, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) estabeleceu o 12 de junho para celebrar o movimento, com a realização de ações voltadas à prevenção e erradicação do trabalho precoce, que traz graves consequências ao indivíduo, afetando aspectos físicos, psicológicos e educacionais, comprometendo a aprendizagem e o rendimento na fase adulta, e contribuindo para a perpetuação da pobreza e exclusão social.

Combate - O TRT-PE também vem agindo em busca da erradicação do trabalho infantil no estado, através do Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem, coordenado regionalmente pelo desembargador Paulo Alcantara e pela juíza Andrea Keust. Desde 2012, o Tribunal vem se engajando na luta para mudar essa realidade ao promover estudos técnicos, seminários, debates e publicações.

Público  interno - Para fins de pontuação (magistrados/as) ou adicional de qualificação (servidores/as), a carga horária somente será computada mediante registro de presença e realização da avaliação de aprendizagem, cujo formulário também será disponibilizado aos participantes, tanto por e-mail, como pelo portal da Escola (https://ensino.trt6.jus.br/ej/
 

Certificados - Não é necessário requerer certificado para registro de Adicional de Qualificação (AQ) dos cursos promovidos pela Escola Judicial (EJUD 6), já que o próprio órgão se encarrega de enviar a relação de concluintes ao Núcleo de Desenvolvimento de Pessoal. Nos cursos no formato Educação a Distância (EaD), realizados pela plataforma Moodle, o aluno tem a opção de emitir o próprio certificado. O interessado pode, ainda, requerer  a emissão física de certificado para finalidade diversa do AQ pelo PROAD, selecionando o assunto “Capacitação: Solicitação de Certificado de Participação em Curso/Evento”.

Serviço:
Palestra: O trabalho infantil e a (in)visibilidade social - docendo discimus.

Data: 10/06

Horário: das 15h às 17h

Local: www.youtube.com/user/EscolaJudicialTRT6 

Carga horária: 2 horas

As opiniões a serem emitidas no evento anunciado nesta publicação são de exclusiva e inteira responsabilidade do/a/os/as autor/a/es/as, não exprimindo, necessariamente, o ponto de vista da Escola Judicial do TRT-PE.