Selo 100% PJe
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Galeria de fotos
  • Issuu
  • SoundCloud
  • Youtube

Primeiro mestrado profissional do TRT-6 teve início na terça-feira (8/11)

Foto da sala de aula com alunos e representantes do TRT-6 e UFPE

O Tribunal Regional do Trabalho e a Escola Judicial da 6ª Região viveram uma noite especial na terça-feira (8/11). Os 30 aprovados no Mestrado em Políticas Públicas com Ênfase em Poder Judiciário participaram da primeira aula do curso, que tem a duração prevista de 30 meses. O projeto do curso de pós-graduação (stricto sensu), que resultou no primeiro mestrado profissional do Tribunal, é fruto de parceria firmada entre a EJud-6 e a Universidade Federal de Pernambuco.

A abertura da noite ficou a cargo da presidente do TRT-6, desembargadora Maria Clara Saboya. Para ela, "é uma enorme alegria poder viver esse momento, depois de tanta luta para que esse projeto fosse concretizado. É maravilhoso poder incentivar magistrados e servidores a buscar conhecimento e atualização. Isso é o que podemos oferecer de mais valioso para o nosso corpo funcional e, com certeza, o nosso Regional enxerga como um investimento". 

Já o diretor da EJud-6, desembargador Eduardo Pugliesi, não escondeu o entusiasmo por ter conseguido viabilizar, junto com toda a equipe, o primeiro mestrado stricto sensu entre todos os Regionais do país. "Mais uma vez, somos vanguardistas. Estamos apostando nossas fichas e sabemos que não vamos nos arrepender, pois teremos servidores experts em políticas públicas, que serão aplicadas no nosso dia a dia e levadas ao jurisdicionado como um serviço de excelência", concluiu.

O coordenador do Mestrado em Políticas Públicas da UFPE, Ernani Rodrigues de Carvalho, registrou que os gestores devem mirar na inovação e que as instituições de ensino precisam estar fora dos limites de seus muros. "Por isso, essa cooperação é tão rica para todos os envolvidos". A coordenadora da EJud-6, juíza Wiviane Souza, fez uma retrospectiva e concluiu que a primeira aula do curso é a ponta do iceberg, uma vez que a concepção deste mestrado foi longa e árdua, mas que foi possível graças a muito empenho e foco de todos. 

A servidora Cybelle Lustosa mostrou gratidão pela oportunidade. "Só posso agradecer ao TRT-6 pela visão de incentivar e valorizar o servidor, investindo na nossa qualificação. Isso significa que somos todos pelo crescimento do nosso Regional", concluiu. A primeira aula foi ministrada pelo professor Marcelo de Almeida Medeiros. Ele apresentou a dinâmica dos encontros, que acontecerão três vezes por semana, e como serão as avaliações. O encontro contou com a presença dos desembargadores Ivan Valença e Sérgio Torres.

Mestrado –  Com carga horária de 390 horas-aula, que serão cumpridas no prazo de 30 meses, o curso é fruto de acordo de cooperação com a UFPE. O curso faz parte do plano de capacitação da EJud-6 e visa a aprimorar a qualidade e a eficiência da entrega jurisdicional, bem como o desenvolvimento das competências ocupacionais definidas pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho.
 

Confiram mais fotos da aula inaugural.

---

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida sua reprodução mediante citação da fonte.
Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT-6)
Coordenadoria  de Comunicação Social (CCS)
imprensa@trt6.jus.br
Texto: Maria Eduarda Vaz  / Foto: Roberta Mariz