Selo Ouro recebido pelo TRT6 em 2023
Selo 100% PJe
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Galeria de fotos
  • Issuu
  • SoundCloud
  • Youtube

Cejusc de 2º Grau do TRT-6 celebra acordos significativos na Semana Nacional de Conciliação

Arte mostra mulher negra e o texto menos conflitos, mais recomeços

Durante a Semana Nacional de Conciliação, que aconteceu entre os dias 7 e 11 de novembro de 2022, o Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (Cejusc) de 2º Grau celebrou três grandes acordos que correspondem a R$ 965.334,00 . As audiências foram conduzidas pela desembargadora Solange Moura de Andrade, coordenadora do referido Cejusc.

Na audiência de conciliação realizada em 9 de novembro foi celebrado acordo entre o banco Santander e três reclamantes. Com a decisão, ficou acertado que o banco vai pagar o valor bruto de R$ 525 mil, cabendo às partes a quantia líquida de R$ 348.522,29. Foram descontados R$ 97.764,00 para pagamento de honorários advocatícios contratuais e R$ 3.613,71 de imposto de renda.

Já no dia 10/11, foi homologado acordo no valor de R$ 340.334,45 com a Caixa Econômica Federal, dos quais R$ 215.248,00 serão pagos à trabalhadora que entrou com a ação trabalhista; R$88.968,46 à sua advogada, a título de honorários contratuais; além de outros descontos para imposto de renda e destinação à conta vinculada, por exemplo.

Na sexta-feira, dia 11 de novembro, a conciliação aconteceu entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e um vigilante. Ficou acordado o valor bruto de R$ 100 mil, sendo descontados R$ 20 mil de honorários contratuais. 

As conciliações também estipularam as quantias que deverão ser depositadas à previdência social e aquelas referentes a honorários advocatícios.

---

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida sua reprodução mediante citação da fonte.
Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT-6)
Coordenadoria  de Comunicação Social (CCS)
imprensa[at]trt6.jus[dot]br
Texto: Eugenio Jerônimo e Helen Moreira  / Imagem: CNJ