Selo Ouro recebido pelo TRT6 em 2023
Selo 100% PJe
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Galeria de fotos
  • Issuu
  • SoundCloud
  • Youtube

Cejuscs do TRT-6 realizaram acordos significativos nesta Semana da Conciliação

Cejusc de 2º Grau. Celebração de acordo solucionando processo com mais de 30 anos

Números atualizados da XVIII Semana da Conciliação, no TRT-6, que está acontecendo entre 6 e 10 de novembro, mostram o êxito da iniciativa. Três acordos realizados no Cejusc de 2º Grau e nos Cejuscs de Olinda e Petrolina merecem destaque.

Um processo que tramitava fazia mais de 30 anos foi resolvido por acordo no Cejusc de 2º Grau, nessa terça-feira (7/11), numa audiência de conciliação mediada pela desembargadora Solange Moura de Andrade e pela servidora Rosário Ribeiro, e com duração de cerca de duas horas. Com o acordo na causa, ajuizada em 1992, por oito trabalhadores rurais contra a Underval Agropecuária, três reclamantes remanescentes tiveram seus créditos satisfeitos. O processo foi ajuizado por oito empregados.

Cejusc de Olinda. Audiência telepresencial de acordo com valores expressivos

Outra causa trabalhista, relevante pelo valor do acordo, teve a solução consensual celebrada pelo Cejusc de Olinda, nesta quinta-feira (9/11). Ao optarem pela conciliação, a Via Expressa Distribuição de Estivas e Cereais e um trabalhador encerram a ação trabalhista, com este recebendo R$ 1.200.000,00. Foram ainda pagos R$ 360 mil de honorários advocatícios; R$ 72 mil de recolhimento ao INSS e R$ 24 mil de custas processuais.

A audiência de conciliação foi conduzida pela juíza titular da 2ª Vara do Trabalho de Olinda e supervisora do Cejusc da cidade, Martha Cristina do Nascimento Cantalice. No modo telepresencial, contou com a participação da equipe da VT, incluindo o diretor da Secretaria da VT, Lailton Alves; a chefe da Divisão do Cejusc Olinda, Juliana Lima Bezerra; o conciliador Luiz Prestes Tenório Cavalcanti; o servidor Mateus Abreu de Albuquerque; e o estagiário Renato Gabriel Oliveira e Silva.

Cejusc de Petrolina. Mais um acordo com cifras importantes.

O terceiro processo de destaque foi conciliado pelo Cejusc Petrolina, também nesta quinta-feira (9/11). A solução consensual firmada entre a empresa SOTREQ e um trabalhador gerou um valor de R$ 936 mil, englobando créditos trabalhistas, honorários advocatícios e recolhimentos legais. A juíza titular da 2ª Vara de Petrolina e coordenadora do Cejusc, Ana Cristina Argolo de Barros, conduziu a audiência de conciliação, que teve o auxílio dos dos conciliadores Bemmerval Augusto e Samuel Higomalton. 

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida sua reprodução mediante citação da fonte.
Tribunal Regional do Trabalho da Sexta Região (TRT-6)
Coordenadoria de Comunicação Social

Texto: Eugenio Jerônimo / Fotos: Divulgação/Cejuscs de 2º Grau, Olinda e Petrolina