Selo 100% PJe
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Galeria de fotos
  • Issuu
  • SoundCloud
  • Youtube

Escola Judicial do TRT-6 (PE) recebe a 71ª Reunião do Conematra

A Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (PE) está sediando a 71ª Assembleia e Reunião do Conselho Nacional das Escolas de Magistratura do Trabalho (Conematra). Nesta terça (8/11) e quarta-feira (9/11), o evento reúne os diretores e coordenadores das Escolas, no auditório da EJud-6, Recife, para debater temas atuais e relevantes do mundo do direito e processo trabalhista.

Na abertura do encontro, a presidente do TRT-6, desembargadora Maria Clara Saboya, deu as boas-vindas aos presentes, afirmando que o Tribunal está honrado em reunir magistrados, servidores e palestrantes ilustres. “Aqui, serão discutidas questões importantes para consolidação dos temas necessários ao aprimoramento dos serviços ofertados à sociedade. Pois, cada vez mais, devido às rápidas mudanças no processo trabalhista, observa-se a necessidade de atualização constante. E a Escola vem atendendo prontamente e de forma profissional a essas demandas de capacitação”, destacou a magistrada.

Fazendo uso da palavra, o diretor da EJud-6, desembargador Eduardo Pugliesi, comentou que a Escola vive um momento especial. “Esta semana, estamos realizando três grandes eventos: a reunião do Conematra, a aula inaugural do Mestrado Profissional em Políticas Públicas e o 1º Congresso Internacional da EJ6, o que representa a concretização de um sonho”. Sobre a pauta do Conematra, o magistrado destacou que é uma oportunidade de troca de experiências, ao tratar de temas como a formação e aperfeiçoamento de magistrados, prova digital e atos normativos.

A presidente do Conematra, desembargadora do TRT-10 (DF/TO) Flávia Falcão, em seu pronunciamento, elogiou o empenho da EJud-6 e o apoio do TRT-6 na organização do evento, observando que o quórum privilegiado já configura um grande sucesso. “A capacitação de magistrados e servidores não pode se restringir apenas ao conteúdo. Precisamos estar abertos ao lado cultural e social. Nem sempre conseguimos esgotar esses assuntos no encontro, mas eles servem de reflexão para desenvolvermos mudanças nas atividades de nossas escolas”, pontuou.

O juiz do TRT-18 (GO) Platon Teixeira de Azevedo Neto conduziu a primeira atividade do evento, falando sobre a “Consolidação dos Atos Normativos da Enamat”. Através de uma dinâmica envolvendo os participantes, o magistrado abordou temas como formação continuada, tabela de competências, intercâmbio profissional, pesquisa e promoção por merecimento. À tarde, acontece a “Capacitação dos Magistrados e Jurisdição Inovadora”, ministrada pela coordenadora da EJud-6, juíza Wiviane Souza; pelo desembargador do TJPE Sílvio Neves Baptista Filho e pelo juiz do TRT-1 (RJ) Fábio Rodrigues Gomes.

Na quarta-feira (9/11), segundo e último dia do evento, haverá a explanação “Acesso à Justiça no Mundo Digital", com o desembargador do TRT-6 Sergio Torres e com a diretora dos Programas de Graduação em Educação Legal e Internacional da Boston College Law School (EUA), professora Susan Simone-Kang. O Conematra se encerra com a realização da Assembleia Geral, reunindo os magistrados participantes, e com a Oficina de Trabalho, voltada para os assessores presentes.

Compuseram a mesa de honra, na manhã desta terça-feira (8/11), a presidente e a vice-presidente do TRT-6, desembargadoras Maria Clara Saboya e Nise Pedroso; a presidente e o vice-presidente do Conematra, desembargadora Flávia Falcão e juiz Flávio Costa; o diretor e a coordenadora da EJud-6, desembargador Eduardo Pugliesi e juíza Wiviane Souza; o juiz auxiliar da Enamat, Bruno Alves; a vice-presidente da Anamatra, juíza Luciana Conforti; a presidente da AmatraVI, juíza Ana Freitas; e a procuradora-chefe do MPT-PE, Ana Carolina Ribemboim. O momento de abertura também contou com a presença dos ex-diretores da Escola Judicial, desembargadores Ivan Valença e Valdir Carvalho.

Maestro Israel França interpretou, ao violino, os Hinos Nacional e de Pernambuco

Veja mais fotos.

Conematra

O Conselho Nacional das Escolas de Magistratura do Trabalho é composto pelos diretores e coordenadores de Escolas Judiciais dos TRTs e de escolas associativas trabalhistas. A entidade tem como objetivos integrar as escolas judiciais, uniformizar as atividades didáticas e acadêmicas, e proporcionar o intercâmbio de teorias e práticas de temas relacionados à formação de magistrados.

---

Matéria de teor meramente informativo, sendo permitida reprodução mediante citação da fonte

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-6)

Coordenadoria de Comunicação Social (CCS)

imprensa@trt6.jus.br

Texto: Fábio Nunes / Foto: Elysangela Freitas